天哪,我现在已经是B杯的丰胸产品了,高兴!它是天然的,安全无副作用,而且效果很好粉嫩公主酒酿蛋。我的最基本愿望达到啦,人心永远不满足。我还希望再调理下我的粉嫩公主丰胸产品胸部,因此就又多订了两个周期。还真是愿望成真!这可真不是吹的丰胸,因为吹是吹不大的!加微信了解更多。

FNE
Ter?a-Feira, 24 de Setembro de 2019



Notícias
Ajustar texto:

Federação

Legislação Previdenciária

  • IN 45 INSS
  • IN 77 INSS
  • IN 69 INSS

Legislação Trabalhista

Disputa jurídica envolve conferentes de carga no Porto
Por: Jornal A Tribuna
Postado em: 24/10/2018 as 15:04:37

O processo foi motivado por uma ação civil pública do Sindicato dos Conferentes de Carga, Descarga e Capatazia do Porto de Santos. Nela, a entidade exigia que o acordo coletivo firmado com a empresa Itamaraty Logística fosse mantido pelo Terminal 12 A. O documento exigia que a função fosse exercida exclusivamente por trabalhadores previamente qualificados e habilitados junto ao Órgão Gestor de Mão de Obra (Ogmo).

 

Os magistrados da 13ª turma do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região negaram o provimento. De acordo com voto do desembargador relator do processo, Roberto Barros da Silva, além da negociação coletiva se aplicar apenas à empresa que assinou o documento e seus trabalhadores, as atividades específicas de conferentes, como o registro de peso e volume foram automatizadas pelo Terminal 12 A.

 

Apenas as atividades consideradas periféricas (registro de dados de navio, tipo de mercadoria, turno de trabalho, entre outras) estariam sendo delegadas a empregados vinculados à empresa.

 

Para o advogado José Pinheiro Castelo, que representa o Ter<minal 12 A, esse acórdão pode ser um precedente para outras situações semelhantes no complexo portuário santista. “Essa decisão é muito relevante e pode ter reflexos em outros terminais. Com a tecnologia, não faz sentido manter um trabalhador para fazer aquilo que a máquina já desempenha. E esse também é o entendimento do juiz”, avalia.

 

Conferentes contestam

 

Mas a decisão não agrada a categoria dos trabalhadores. “Não somos avessos à modernidade. Hoje, com a automação, não somos mais os conferentes da caneta, prancheta e carbono. Há necessidade deste trabalhador para a operação e estamos nos capacitando para os novos tempos, afinal tem que ter alguém apertando o botão da máquina, não?”, questiona o ex-presidente do sindicato, Marco Antonio Tadeu Sanches, que esteve a frente da entidade até o final do mês passado e acompanhou a questão jurídica. A entidade vai decorrer da decisão. 

 

Outro entendimento

 

A ideia dos conferentes é reforçada depois da decisão de um outro juiz, que exigiu ação contrária de outra empresa do cais santista. Em setembro, a juíza da 1ª Vara do Trabalho de Santos, Melissa Losso da Silva, determinou que a ADM do Brasil, cumpra o artigo 40 da Lei dos Portos (lei nº 12.815/2013), utilizando exclusivamente mão de obra de conferente em todas as vezes que ocorra a movimentação de carga de granel em seu terminal, com multa de R$ 100 mil, em caso de descumprimento da legislação. 

 

Procurada pela reportagem, a ADM do Brasil afirma que “assuntos em tramitação na Justiça não são comentados pela empresa”.Em sua decisão, a juíza deixou marcada uma audiência entre as partes para abril de 2019.

 

“Nesta decisão, a juíza reconhece que, mesmo numa empresa automatizada, existe a necessidade do nosso trabalho e que não se pode buscar trabalho portuário fora do Ogmo”, diz o ex-presidente do Sindicato dos Conferentes do Porto de Santos.




After falling in replica handbags love with Beatrice,gucci replica handbag Pierre immediately worked hard. In 2009, after dropping out of college, he took over a hermes replica handbags construction company founded handbag replica by his father and became a replica handbags major shareholder. Later he became the vice president of the Monaco Yacht Club. Personally, it has reached 50 million US dollars.

termos MPT/PGT

Acesso Restrito

  • Balancetes
  • Prestação de Contas
  • Atas

Sindicato dos Estivadores






contato : 61 3224.1599 / 3323.2242
FEDERA??O NACIONAL DOS ESTIVADORES
SCS - QUADRA 01 BLOCO "G" SALA 506 - EDIFICIO BARACAT
CEP 70309-900 - BRASILIA/DF
SIGA-NOS
? 2015 FNE - Todos os direitos reservados.