Notícias
Ajustar texto:

Federação

Legislação Previdenciária

  • IN 45 INSS
  • IN 77 INSS
  • IN 69 INSS

Legislação Trabalhista

Suape arrenda área não-operacional para envase e distribuição de GLP
Por: Portos e Navios
Postado em: 05/09/2018 as 16:35:09

 “Nosso desejo é tornar o Porto de Suape ainda mais competitivo e organizado para receber novos investimentos. Com esta homologação novos empregos serão gerados além disso, resultará diretamente em mais desenvolvimento para o empreendimento. Todos ganham com a iniciativa”, comentou o presidente do Complexo Industrial Portuário de Suape, Carlos Vilar.

 

Suape foi o primeiro porto público do Brasil a desenvolver o projeto e ter o pedido de outorga aprovado pelo TCU desde a publicação da Lei dos Portos (12.805/2013), no fim de junho deste ano. Em 13 de novembro de 2017, o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil publicou portaria (943/2017) no Diário Oficial da União autorizando a cessão do terreno por Suape. Em 7 de dezembro de 2017, a administração do Porto de Suape realizou audiência pública com participação de empresas interessadas em explorar as atividades de envase e distribuição de GLP.

 

A empresa ganhadora da licitação fará uso dos serviços oferecidos pela autoridade portuária, devendo ainda cumprir com o disposto na minuta de contrato, em especial uma performance mínima de 60 mil toneladas/ano (consumo aparente), considerando-se os dois segmentos de mercado (domiciliar, granel e outros envasados). O GLP é comercializado de duas formas: em botijões de 13kg, para consumo domiciliar, ou a granel, destinado a indústrias, comércio, serviços e condomínios. De acordo com Caio Turqueto, presidente da Copagaz pontuou a importância da iniciativa. “A Copagaz considera estratégica sua operação em Suape pelos ganhos logísticos que representa e pela geração de oportunidades. Vencer a licitação possibilita a nossa companhia a realizar novos investimentos e apostar ainda mais no potencial da região Nordeste e na nossa expansão”, explicou Caio.

 

As bases de envase localizadas no Porto de Suape, objeto da licitação, atendem aos estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará, o que em números de 2016 representam 53% do market share de toda a região nordeste.

 

MOVIMENTAÇÃO - O balanço da movimentação de cargas do primeiro semestre deste ano apontou crescimento no Porto de Suape. De janeiro a junho de 2018, o Porto movimentou 11.362.250 de toneladas, representando um aumento de 5% em relação ao primeiro semestre de 2017, quando movimentou 10.825.065 toneladas. O destaque foi, mais uma vez, para as cargas de granéis líquidos com 8.705.601 de toneladas movimentadas. O crescimento é de 11% em comparação a 2017.1, quando movimentou 7.858.108 toneladas.




termos MPT/PGT

Acesso Restrito

  • Balancetes
  • Prestação de Contas
  • Atas

Sindicato dos Estivadores






contato : 61 3224.1599 / 3323.2242
FEDERAÇÃO NACIONAL DOS ESTIVADORES
SCS - QUADRA 01 BLOCO "G" SALA 506 - EDIFICIO BARACAT
CEP 70309-900 - BRASILIA/DF
SIGA-NOS
© 2015 FNE - Todos os direitos reservados.