Segunda-Feira, 20 de Maio de 2019



Notícias
Ajustar texto:

Federação

Legislação Previdenciária

  • IN 45 INSS
  • IN 77 INSS
  • IN 69 INSS

Legislação Trabalhista

Exportações crescem 243% no Porto do Pecém
Por: Terra
Postado em: 15/08/2017 as 14:10:09

O presidente da entidade, Danilo Serpa, atribui esse crescimento ao trabalho de prospecção de novos clientes e cargas e adianta que a expectativa é que o porto tenha um crescimento de 50% este ano. "A orientação do governador Camilo Santana é tornar o Porto do Pecém o portão de entrada e saída de cargas do Nordeste. Nós mapeamos os potenciais clientes e fomos oferecer nossos serviços. Os novos berços do TMUT em operação fizeram o Porto dobrar de tamanho e tudo isso se reflete nos resultados", comenta.

Movimentação 

 

Em relação à movimentação de cargas no Porto do Pecém, o granel sólido foi a carga mais relevante na composição dos índices em toneladas, participou com 59%, seguido da carga geral solta 20%, carga conteinerizada com 14% e do granel líquido com 7%.

 

As importações cresceram 51% em 2017, passando de 4.439.683 t (até julho de 2016) para 6.721.139 t. Já as exportações subiram de 627.849 t em 2016 para 2.151.409 t em 2017, o que representa um incremento de 243%.

 

O destaque entre as exportações fica por conta das movimentações de placas de aço (1.445.455 t) produzidas pela Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), que equivale a 67% do total exportado. Na sequência estão gás natural (100.593t), plásticos e suas obras (45.514 t), e frutas (38.222 t), entre outras cargas.

 

"O ótimo resultado das exportações é fruto do trabalho de atração de investimentos. Nós temos a primeira ZPE (Zona de Processamento de Exportação) em funcionamento do País e tarifas competitivas mundialmente. É preciso também destacar o trabalho da CSP que exporta para mais de 14 países e tem os Estados Unidos como maior cliente, comprando 48% da produção atual", afirma o presidente.

 

Entre as importações os destaques foram o carvão mineral (2.897.728 t), gás natural (480.651 t), produtos siderúrgicos (143.507 t), pedras calcárias (55.032 t), coque de petróleo (50.132 t), etc.

 

A cabotagem no Porto do Pecém (movimentação entre portos brasileiros), cresceu 110%, se comparado ao mesmo período do ano anterior, esse crescimento se deu, principalmente, por conta dos desembarques de minério de ferro (2.238.794 t), produtos siderúrgicos (165.408 t), arroz (111.421 t), plásticos e suas obras (66.499 t), etc. Destacaram-se também os embarques de farinha de trigo (74.445 t), sal (72.206 t), cimentos (34.712 t), placas de aço (27.613 t), etc.

 

Equipamentos 

 

Para obter esses números tão expressivos é preciso equipamentos de primeira linha. É o que aponta o diretor da Tecer Terminais Portuários, Carlos Maia, empresa que opera no porto, credenciada pela Cearáportos. "Só nós da Tecer investimos R$ 30 milhões em modernos guindastes, que são até 50% mais produtivos que outros não especializados em determinadas operações. Isso faz com que seja reduzida a estadia do navio no porto e seja cumprido o contrato firmado com os armadores, evitando, assim, multas", conta.




After falling in replica handbags love with Beatrice,gucci replica handbag Pierre immediately worked hard. In 2009, after dropping out of college, he took over a hermes replica handbags construction company founded handbag replica by his father and became a replica handbags major shareholder. Later he became the vice president of the Monaco Yacht Club. Personally, it has reached 50 million US dollars.

termos MPT/PGT

Acesso Restrito

  • Balancetes
  • Prestação de Contas
  • Atas

Sindicato dos Estivadores






contato : 61 3224.1599 / 3323.2242
FEDERA??O NACIONAL DOS ESTIVADORES
SCS - QUADRA 01 BLOCO "G" SALA 506 - EDIFICIO BARACAT
CEP 70309-900 - BRASILIA/DF
SIGA-NOS
? 2015 FNE - Todos os direitos reservados.