Segunda-Feira, 24 de Abril de 2017



Notícias
Ajustar texto:

Federação

Legislação Previdenciária

  • IN 45 INSS
  • IN 77 INSS
  • IN 69 INSS

Legislação Trabalhista

Movimentação de veículos cresce no Porto de Paranaguá
Por: Portos e Navios
Postado em: 23/01/2017 as 18:10:50

O resultado foi impulsionado, principalmente, pelo aumento nas exportações, com 30 mil unidades a mais embarcadas no ano passado, ultrapassando a marca de 80 mil veículos exportados.

Em 2016, o Porto de Paranaguá inaugurou os novos dolfins, que são berços exclusivos para o embarque e desembarque de veículos. Com as estruturas, a movimentação deste tipo de carga fica mais eficiente, reduzindo o tempo de espera e o custo da operação. Foram investidos R$ 60 milhões nesta obra, que resultou em um crescimento da confiança das fábricas na eficiência dos portos paranaenses.

Mais crescimento

A movimentação total de veículos no Porto de Paranaguá deve crescer em 48% ao longo de 2017, de acordo com a estimativa de importação e exportação dos operadores portuários. A previsão é de que 163 mil veículos embarquem ou desembarquem no porto, o que representa um acréscimo de 52 mil unidades ao longo do ano.

O aumento pode ser ainda maior, já que o volume de carga é planejado com base na previsão de produção das montadoras brasileiras e mercado interno, com a possibilidade de que novos contratos de importação e exportação sejam firmados.

“O Porto de Paranaguá se adapta à demanda de cargas como estas, que envolvem vários elementos do setor produtivo estadual. Já ganhamos a confiança das indústrias de automóveis brasileiras com um serviço especializado e com avaria zero, que são exigências feitas pelo mercado consumidor externo”, explica o diretor-presidente da Appa, Luiz Henrique Dividino.

Hoje, Paranaguá é usado como rota de embarque da produção de veículos da Renault, Volkswagen, Nissan e BMW – esta última, com fábrica em Santa Catarina.

Adaptando o layout

O porto também está adaptando seu layout para a movimentação destas cargas com demanda crescente.

Em um investimento de R$ 16,5 milhões, mais de 30 mil metros quadrados de antigos armazéns estão sendo demolidos para dar espaço a áreas que abrigarão cargas como ônibus e máquinas agrícolas, além de peças industriais e cargas gerais.




termos MPT/PGT

Acesso Restrito

  • Balancetes
  • Prestação de Contas
  • Atas

Sindicato dos Estivadores






contato : 61 3224.1599 / 3323.2242
FEDERAÇÃO NACIONAL DOS ESTIVADORES
SCS - QUADRA 01 BLOCO "G" SALA 506 - EDIFICIO BARACAT
CEP 70309-900 - BRASILIA/DF
SIGA-NOS
© 2015 FNE - Todos os direitos reservados.