Quarta-Feira, 28 de Junho de 2017



Notícias
Ajustar texto:

Federação

Legislação Previdenciária

  • IN 45 INSS
  • IN 77 INSS
  • IN 69 INSS

Legislação Trabalhista

Porto de Paranaguá investe R$ 1,3 milhão em segurança
Por: Bem Paraná
Postado em: 25/10/2016 as 14:41:04

Os cabeços são estruturas de concreto onde os navios são amarrados quando atracados. A substituição deles garante uma operação mais segura no escoamento e importação de granéis líquidos. As novas peças, mais resistentes, devolvem a capacidade de projeto do berço de 100 mil toneladas. O investimento deve ser finalizado ainda em dezembro deste ano.

“Além de óleo vegetal, ali movimenta-se etanol e combustíveis em geral e a segurança operacional e do meio ambiente é a nossa prioridade nestes casos”, afirma o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho. Segundo ele, esta obra, além de modernizar a estrutura, proporciona uma atracação com menos riscos e mais eficiência.

ESTRUTURA

O Cais Público de Inflamáveis conta com dois berços de atracação, que são usados, atualmente, pelas empresas Petrobras/Transpetro, Cattalini, União Vopak e CPA. Um destes berços necessitava de manutenção e melhorias nas condições de segurança.

Também foram instaladas chapas expandidas entre os cabeços, que são estruturas metálicas que permitem a locomoção dos trabalhadores entre os berços com maior segurança.

A obra também atendeu requisitos básicos para que as atividades de solda, lixação e afins não oferecessem riscos à operação de materiais inflamáveis, em uma programação combinada previamente com os operadores.

“Modernizamos os dois berços, trazendo um deles de volta à atividade. E fizemos tudo isso com muito diálogo com as empresas operadoras, para que a intervenção fosse segura e, ao mesmo tempo, ágil”, explica o diretor-presidente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), Luiz Henrique Dividino.

LÍDER NACIONAL

O Porto de Paranaguá é o líder nacional em exportação de óleo vegetal. Em 2015, foram embarcados 1,2 milhão de toneladas do produto, 3% a mais do que no ano anterior. Ao todo, no que diz respeito a graneis líquidos totais, o porto movimentou 4,2 milhões de toneladas ao longo do ano passado.




termos MPT/PGT

Acesso Restrito

  • Balancetes
  • Prestação de Contas
  • Atas

Sindicato dos Estivadores






contato : 61 3224.1599 / 3323.2242
FEDERAÇÃO NACIONAL DOS ESTIVADORES
SCS - QUADRA 01 BLOCO "G" SALA 506 - EDIFICIO BARACAT
CEP 70309-900 - BRASILIA/DF
SIGA-NOS
© 2015 FNE - Todos os direitos reservados.